DESABAFO DA DOR…

Hoje lendo, pesquisando, analisando…
Li algo que me assustou.
Logo eu que sou especialista e trato de dores.
Mas qual a maior das dores?
Esta deve ser a pergunta de todos,
E de repente li a seguinte citação
“…É a dor de não saber onde dói…”.

Quantas vezes senti isso?
Uma dor que machuca, maltrata,
E não se compara a nenhuma dor física,
Ela simplesmente machuca.
Não sabemos de onde vem, onde dói,
Apenas sabemos que ela existe.
Creio eu que todos experimentamos dela.
Sim pelo menos uma vez na vida
Sentimos esta dor.

E o que é a felicidade?
Às vezes penso que a felicidade
Nada mais é do que a busca de tentarmos suprir essa dor.
Entretemos-nos com coisas prazerosas
Para tentar esquecer que a dor existe.

Tentamos fingir que a dor não existe,
Que é somente uma fase ruim,
Mas ela se torna tão presente em certos momentos,
Que a própria felicidade,
Que deveria ser a cura,
Acaba ela sendo, pela sua busca frustrada,
Um novo motivo
Para uma nova dor.

Busco desesperado,
Algo que me dê prazer,
Qualquer coisa que me faça esquecer o vazio,
Que em mim habita, por alguns instantes.
Entre um cigarro e outro, acompanhado de uma dose de bebida,
A dor parece sumir, pelo menos do peito.
Mas no fundo o cérebro sabe que ela está a espreita,
Esperando o momento certo para voltar,
Machucar…
E por este motivo a felicidade deixa de ser um estado de prazer.
Torna-se um modo de fuga.

Da mesma forma que a Luz só engana a escuridão,
Que o calor engana o frio,
A felicidade engana a dor do sofrimento.

Espero que eu esteja errado em todas as minhas palavras.
Mas por enquanto, me viro com meu Whisky, meu cigarro,
E principalmente com as minhas poesias.

 

GILBERTO CAMPOS…

Anúncios

3 pensamentos sobre “DESABAFO DA DOR…

  1. claudia aparecida banci disse:

    lendo isso lembro meus momentos d solidao quando aparece nao tem pra ninguem mas quando aceitamos essa dor esse frio q ate queima de uma forma de aprendizado tem outro significado começamos a dar valor a cada detalhe da vida parabens é uma linda poesia

    • Obrigado Claudia pelo comentário, fico feliz em conseguir alcançar e mexer com suas memórias. Espero que continue me seguindo no blog e comentando, sua opinião é sempre muito importante.

  2. iris disse:

    parece q vc escreveu para mim lendo os meus pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s