SINTO…

 Imagem

Um turbilhão que me invade a alma,

Por vezes agita e por outras acalma.

Surge de profundas dores,

Surge por grandes amores,

Por saudades, por ousadias e pudores.

 

Por vezes nos desnudam.

Por vezes nos protegem,

Outras nos petrificam.

Outras nos fortalecem,

 

Uns são loucuras,

Outros suave brisa.

Uns são fomentados pela maldade,

Outros alicerçados na sinceridade.

 

Não se escolhe o que sentir,

Nem quando se é tomado.

Toma-nos de assalto no ir e no vir,

Como um indomável alado.

 

Preciso entender que sou fruto sagrado

Forte para vencer qualquer dor,

Sentir quando estou apaixonado,

Nada é mais forte que o dom do amor.

 

Mais leve, me rendo aos sentimentos

Podendo senti-los sem culpa ou medo.

Alma sensível se rende a momentos.

Revela-se, não há mais segredos.

 

GILBERTO CAMPOS…

QUERER..

Imagem

O sol hoje não brilha…

Mas não por isso meu dia se faz nublado.

Busco outros caminhos,

Outros atalhos, outras trilhas.

  

Queria te sentir,

Estar ao seu lado…

Você minha mulher maravilha…

Não posso mentir,

Sou seu enamorado

Caí inocente na sua armadilha.

Meu melhor pensamento,

Meu maior pecado.

  

Você,

Que me faz levitar,

Apenas você…

Que me excita,

Que me faz voar,

Que me faz sentir bem,

Que me faz cantar.

  

Que me faz querer sonhar,

Querer te possuir…

Querer te amar

Querer depois do prazer

Te ver docemente sorrir…

 

GILBERTO CAMPOS…

* Poesia participante do Concurso Nacional de Literatura

“PREMIO DE BELO HORIZONTE 2012″

Encarte “Chuvas de Emoções”

TUDO ESTÁ CERTO…

Imagem

Tudo está certo,

Cada coisa em seu lugar.

Desejamos tudo fácil, perto

Como adoramos desejar.

 

Não podemos ser contrariados,

Não podem nos machucar,

Somos seres pequenos e mimados,

Queremos brigar, falar,

Mas não nos acostumamos a escutar.

 

Tudo parece errado,

As vontades são minhas,

Mas o jogo não é marcado

Ou dirigido por vontades mesquinhas.

 

De nada adianta

As vontades serem minhas,

Pois estarão sempre perdidas.

Tudo está certo como está.

O milagre é a surpresa da vida.

 

E quem acreditar,

Encontrará a eternidade,

Descobrirá no amar

A real felicidade.

 

GILBERTO CAMPOS…