MEU PAI…

Imagem

 

Uma vida sempre correta,

O não parar a cada dia.

Ensinou-me a ser poeta,

Pois em sua vida havia poesia.

 

A poesia simples do amor,

Do fazer o bem,

De conviver e lutar contra a dor,

De não ferir ninguém.

 

Não era perfeito,

Não era Santo,

Era Homem, tinha defeitos,

Mas semeava de paz seu campo.

 

Era humano, mas herói.

Eterno na minha memória,

Uma paz que do peito não sai.

Sua falta dói,

Vai estar eternizado na minha história.

Agradeço-te pelo que deixou,

Obrigado PAI…

 

GILBERTO CAMPOS…

 

Não poderia deixar de homenagear aquele que me mostrou a poesia do amor e do viver no dia a dia…

Obrigado AVELINO DA SILVA CAMPOS

15/ 03/ 1938  –  04/  04/ 2014

76 Anos de dedicação, carinho e amor para nós filhos, netos, noras, genros e amigos.

MEU PAI ” O CARA..”

TE AMO…

 

 

Anúncios