O OUTONO CHEGOU…

outono CHEGOU

Devo ter parado no tempo,
Não percebi o outono chegar.
Mas havia mudança nos planos, no vento.
Mudanças estranhas, não saberia explicar.

E sem perceber,
Estava então embarcando
Em uma nova estação.
Via folhas secas pelo chão morrer,
Um tapete de folhas e flores os meus pés a percorrer,

Não sabendo ao certo a direção.
Mas em meio a tristeza,
De várias árvores nuas,
Percebi com muita leveza

As mudanças necessárias e contínuas.
Vi meus caminhos se estreitarem
Numa sucessão de trocas e perdas sentidas.
Parei de esperar minhas perdas voltarem,
Cicatrizar feridas.

Olhei para o alto e vi um céu menos nebuloso,
Fechei os olhos e disse Adeus
Descobri em meio a tudo o quanto é fabuloso,
Esse meu pai chamado DEUS…

GILBERTO CAMPOS…