O CORAÇÃO NÃO DISFARÇA…

O tempo

Grande brincalhão,

Sorrateiro como o vento,

Vem e bagunça o coração.

Faz o que deseja,

Nos deixa tonto,

Nos tira o chão.

Como um raio lampeja

Em meio à escuridão.

Sei lá como aconteceu,

Juro, não sei por que o coração aperta.

Voltou algo que nunca morreu,

Quando do coração, deixei a porta aberta.

O que fazer?

Essa pergunta não me faça.

Hoje só quero viver,

O que o coração não disfarça.

GILBERTO CAMPOS…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s